Muita festa e entretenimento em Goiânia

Entretenimento em Goiânia - Pecuária de 2016

Goiânia é conhecida não só pela ótima música sertaneja, mas também pelas lindas mulheres que são fontes de inspiração para esses cantores.

Com uma imensa diversidade de vida noturna, a capital de Goiás é bastante ativa, principalmente aos finais de semana, onde jovens se encontram para comemorar o fim do trabalho pesado semanal.

É difícil falar de entretenimento e não citar a melhor festa do ano, festa de música eletrônica que, como o próprio nome diz, não deixa a desejar.

A Pecuária também é um dos eventos anuais mais famosos que ocorrem na capital do cowboy, ficando atrás apenas de Barretos. O calendário completo de 2017 ainda não está disponível, mas dá pra ter um gostinho de como foi em 2016.

A festa 800 também ficou marcada ano passado pelo imenso desfile de lindas mulheres goianas passeando pelo gigantesco Villa Cavalcare, palco de muitos eventos de altíssima qualidade.

De acordo com a Aliança Brasileira de Pilates, a época de maior quantidade de visitantes de fora é em Maio, principalmente pela proporção do evento agropecuária que toma lugar na cidade.

Fique ligado e continuaremos mostrando mais dicas dessa incrível cidade goianense.

Os melhores sites para encontrar apartamentos em Goiânia

Sabemos que a melhor forma de fazer uma busca eficaz de imóveis, sem perder tempo e ganhando em agilidade é fazer buscas nos sites das imobiliárias.

Com esse recurso, você pode analisar, filtrar, avaliar e até mesmo fazer sua própria tabela para comparar os imóveis que parecem mais interessantes e depois poder decidir quais valem uma visita.

Confira na lista abaixo os sites onde você pode iniciar a busca pelo apartamento dos seus sonhos na cidade de Goiânia, GO.

Vale lembrar alguns aspectos que você deve analisar ao fazer sua busca. Confira se o site traz fotos, informações precisas comoa metragem da área útil e se existem várias formas de contato, isso geralmente é um sinal de que a imobiliária realmente se dedica a fazer um bom atendimento.

Logo nos primeiros contatos você já vai perceber qual é o tom da imoliária, quão solícitos eles são e quão burocráticos ou flexíveis eles são para fazer negócios. Isso tudo faz muita diferença na hora de fechar o seu aluguel ou venda.

Ao planejar fazer de Goiânia seu lar, ou se você já mora aqui, é importante pesquisar os bairros e verificar quais são suas preferências e se esses bairros antendem as suas necessidades e expectativas.

Boa procura!

Os 4 melhores bairros para se morar em Goiânia

Uma das dúvidas mais comuns para quem deseja se mudar para uma nova cidade, é decidir em qual bairro morar e descobrir qual deles tem uma melhor infraestrutura e boa segurança para se iniciar uma nova vida com tranquilidade.

Selecionamos os bairros mais bem cotados para moradia em Goiânia e falamos um pouco sobre cada um a seguir.

1. Jardim Goiás

O Jardim Goiás fica na região sul da cidade de Goiânia e conta com dois hipermercados, o Carrefour e o Walmart, o que torna o bairro ainda mais interessante no sentido de compras para a casa. O bairro possui muitos prédios, sendo bastante populoso. A região ainda conta com o parque Flamboyant Lourival Souza, que leva o nome do proprietário da fazenda da qual o bairro fazia parte antes de se tornar uma área residencial. O parque conta com 2 lagos com fonte luminosa, ponte de madeira, parque infantil, mirante, ciclovia, estação de ginástica, pista de cooper e áreas para fazer caminhadas. Seu metro quadrado custa em média R$ 4.851,00.

2. Setor Bueno

O Setor Bueno é um dos setores mais antigos e tradicionais da cidade de Goiânia. Pode ser considerado um bairro nobre e sua estrutura conta com muita área verde, lago, construções de alto padrão e lindas praças. Além disso, o bairro conta com as melhores escolas, colégios e institutos de ensino superior da cidade. O único ponto negativo, é que devido ao seu alto nível, acaba atraindo muita gente e tendo muito trânsito em geral. O valor médio do metro quadrado no Setor Bueno é de R$ 4.902,00.

3. Setor Oeste

O Oeste está localizado entre dois parques, o Bosque dos Buritis e o Lago das Rosas, e também pode ser considerado uma área nobre na capital. O bairro é um dos mais populosos de Goiânia, contando com 30 mil habitantes, além de concentrar um alto volume no setor de serviços da cidade. Sua infraestrutura tem de tudo, escolas, hospitais, bons supermercados, ótimos restaurantes, muitos hotéis, estabelecimentos 24h e também é o lar da Assembleia Legislativa do Estado. Seu metro quadrado custa em média R$ 5.026,00.

4. Setor Marista

O setor Marista era parte do bairro Ludovico, mas se desmembrou com a chegada do Colégio em 1962 e passou a ser o setor Marista. Ele não deixa a desejar em nada se comparado aos outros bairros mencionados acima. A área é ideal para jovens famílias que buscam uma vida calma com todas as facilidades por perto, como colégio, supermercado, padarias, shoppings e clínicas. O valor médio do metro quadrado é R$ 6.135,00.

Além desses bairros, os bairros planejados e privados também são boas ideias para quem quer investir em uma boa licalização.

Esperamos que essas dicas te ajudem a fazer a melhor escolha para você e/ou para sua família. Que essa busca resulte em um novo lar com tudo o que você tem direito!

Como escolher o apartamento ideal para sua família


A escolha de um bom apartamento não depende apenas de questões estéticas, design e cômodos. Tem vários outros detalhes que são importantes e não devem ser deixados de lado ao fazer a sua busca. Confira:

1. Determine seu orçamento

Uma das principais partes do planejamento é verificar quanto você tem em caixa e quanto pretende pegar em financiamento. Financiar deve ser uma opção bem estudada, pois pode sair muito mais caro do que o valor inicial. Lembre-se de que também pode usar o FGTS para a compra/financiamento. Não se esqueça de calcular o custo do condomínio (mensal e variável).

2. Compare se vale a pena alugar em vez de comprar

Comprar apartamento na planta pode ser uma opção interessante, mas a compra do imóvel já pronto deve ser analisada. Em alguns casos, vale mais a pena alugar um apê e investir o dinheiro do que, por exemplo, financiar uma compra.

3. Faça uma lista dos bairros que te interessam

Mesmo para apartamentos é importante verificar se o bairro atende suas necessidades e se é seguro. Alguns bairros são mais propícios para moradia e uma vida familiar, vale a pena levar isso em consideração.

4. Delimite o que você precisa no seu lar

Você precisa de espaço ou um apê compacto já serve? Pretende ter filhos? Quer um apê em um prédio que tenha playground e piscina? Faz questão de casada? Todos esses aspectos fazem a diferença.

5. Verifique se o prédio em si tem um ambiente familiar

Alguns prédios tem um ambiente mais para casais, outros para famílias e outros mais para solteiros. O tamanho do apartamento já ajuda a definir isso, mas é importante consultar o representante do imóvel para verificar essa informação. Prédios com muito solteiros podem ser problemáticos se você tem filhos e precisa de silêncio, ou vice versa.

6. Confira a reputação da construtora e da imobiliária

Saber a reputação da construtora, que materiais usam, se suas obras são de confiança, é muito importante para a segurança do seu lar e a garantia de uma boa compra. O mesmo vale para a imobiliária, certifique-se de estar lidando com uma empresa séria.

7. Faça pesquisas online e separe os apartamentos mais interessantes

Chegou a hora de fazer a caça! Filtre os resultados e faça tabelas para comparar o que cada imóvel tem o que não tem e discutir seus prós e contras para selecionar os que valem a pena visitar.

8. Faça visitas, tire fotos e filme cada imóvel

Registre tudo e faça anotações. Na hora pode parecer desnecessário, mas quando você está olhando vários apartamentos as informações podem acabar se confundindo ou se perdendo. Leve seu celular e faça vídeos e fotos.

9. Converse com os vizinhos e faça um tour pelas redondezas

Isso é muito importante. Os vizinhos moram ali e sabem como é a dinâmica do prédio, dos outros vizinhos e do bairro em geral. Não deixe de perguntar e tirar suas dúvidas.

10. Não feche negócio sem verificar os termos do contrato com um advogado

Evite fazer tudo sozinho. Consulte especialistas e analise muito bem o contrato antes de fechá-lo, seja o do financiamento ou o da venda, ambos merecem muita atenção.